sábado, 18 de maio de 2013

Pedigree - como funciona o registro de um cão

Quando ocorre a compra de um filhote, especialmente se por um leigo, percebo muita ansiedade sobre o recebimento do documento de pedigree. Resolvi então explicar como funciona para justificar por que não é na hora da compra ou imediatamente após a mesma, que o comprador irá receber o pedigree de seu filhote e por que ele precisa ter um pouquinho de paciência. Vou explicar as regras:

1) O criador tem até 90 dias após o nascimento da ninhada para o registro dos filhotes sem multa e até 180 dias para registrá-la, porém com o pagamento de uma multa.
2) Para o registro dos filhotes precisa-se ter em mãos:
a) cópia do pedigree da mãe, que deve ser de propriedade do criador que está registrando a ninhada em seu canil.
b) cópia do pedigree do pai, que pode ser do criador, ou ser um padreador contratado, pertencente a outra pessoa/canil
c) mapa de ninhada preenchido com os nomes dos filhotes nascidos, sexos e cores, dados do canil e dos pais da ninhada bem como assinatura dos dos donos dos cães envolvidos.Quando se trata de padreador contratado, geralmente o dono do macho só realiza a assinatura do mapa de ninhada mediante o pagamento combinado pela cruza, que pode ser em filhote ou em dinheiro. Geralmente este pagamento ou a escolha do filhote pelo dono do macho é realizada por volta dos 50 dias de vida da ninhada, por isso esse é o momento em que a maioria das ninhadas é registrada, na época da entrega dos filhotes a seus novos donos.
3) Preenchidos e juntados todos esses documentos, o criador leva ao kenel clube de sua cidade ao qual é associado que funciona como um cartório, e dá entrada nos documentos, pagando as taxas envolvidas. No ato recebe um comprovante de registro para cada filhote da ninhada.
4) O Kenel local então envia à CBKC com sede no RJ esta documentação que vai ser toda conferida (nomes, cores, proprietários dos pais, etc etc), para que então seja fornecido um número de RG ao cão e confeccionado o pedigree do mesmo. Todos os pedigrees expedidos no Brasil são feitos pela CBKC no RJ e nos meses com maior número de filhotes registrados o prazo para a confecção do documento pode ser maior. O prazo pode variar, mas a maioria dos pedigrees chega antes de 90 dias.
5) Estes pedigrees então retornam ao kenel local, que avisa o criador.
6) Criador busca os pedigrees da ninhada e envia aos compradores de seus filhotes.

Sendo assim:
1) Não é o criador que faz o pedigree do filhote vendido, ele apenas garante que o comprador irá receber o documento
2) O criador depende da burocracia envolvida e não tem controle sobre os prazos da CBKC
3) Tenha um pouquinho de paciência... rs

Obrigada!


Nenhum comentário:

Postar um comentário