domingo, 6 de maio de 2012

Protetores x Criadores

Estou chocada com a avalanche de "protetores" revoltados contra criadores de cães...  Como se todo criador fosse um bandido, sem coração e sem amor por bicho... como se comprar um cão de raça - que se sabe que aparência vai ter, personalidade, temperamento etc - fosse um verdadeiro absurdo, enquanto que adotar um sem raça fosse a solução ideal na hora de se buscar um "amigo" de quatro patas . Não é! estou vendo muitos casos em que as pessoas adotam por dó na impulsividade, pela facilidade com que os "protetores" entregam a quem quiser um animal, com pouquissimas perguntas, ou por que estão indo na onda do "politicamente correto" e depois acabam desistindo do sem raça por que ele se tornou grande ou destrutivo, feio demais (SIM, isso acontece!!! vamos parar com a hipocrisia!) ou simplesmente por que aquele animal não se adaptou àquela família.  Amigo bicho se compra sim, qual é o problema? Amigo bicho também se adota sim, se for paixão mútua e não imediatismo. Que mania de rotular! Eu sinceramente acho que o apelo que estão usando não é o correto. É mais realista tentar conseguir a simpatia de todos e arrumar mais dinheiro (até dos criadores e admiradores de cães de raça) para que se possa melhorar programas de castração, abrigos e tratamentos para cães recuperados das ruas. Já imaginaram se no ato da compra de um filhote, o criador apresentasse alguma entidade de cuidados com cães de rua que essas pessoas (compradores) pudessem ajudar mensalmente? Ou que uma parte do valor pago pelos pedigrees fosse destinada a ONGs de proteção animal....somos formadores de opinião, não demônios!!!
Quem compra um pode adotar outro e quem adota não precisa se sentir culpado por que se apaixonou por uma raça e deseja comprar um exemplar! Eu até acho que já escrevi isso, mas volto a repetir, é BURRICE querer excluir as duas coisas.

2 comentários:

  1. Concordo em numero, genero e grau. Bjus Pati

    ResponderExcluir
  2. Cristiane, concordo com você totalmente. Acho o slogan "Não compre. Adote" simplista e acrítico. Na minha opinião, quem deseja adotar, adote. Quem deseja comprar, compre. O abandono, sim, precisa ser eliminado. Eu prefiro "Compre ou adote, mas jamais abandone".

    Crio gatos (Savannahs) e também já presenciei a fúria de protetores. Felizmente, não são todos iguais. Tenho amig@s protetores conscientes, que fazem um excelente trabalho mas que respeitam e compreendem também o trabalho de criadores. Como você mesma disse, quando há respeito mútuo, há colaboração mútua. Eu tenho prazer em ajudar no cuidado com os bichanos para adoção; reconheço a legitimidade e a importância da proteção. Por outro lado, aprecio ser respeitado em minhas escolhas.

    Parabéns pelo site. Leio sempre porque acho os Shetland a coisa mais fofa do mundo. Abraços! Rogério (gatosdocerrado@gmail.com).

    ResponderExcluir