domingo, 5 de dezembro de 2010

Viajando no final do ano

Já está passando da hora de reservar um hotel para seu cão ficar caso pretenda viajar e não possa levá-lo. A procura é grande e a oferta de bons lugares, com estrutura e qualidade não é alta. Busque indicações de quem já tenha usado o serviço, cuidado com locais que não lhe peçam comprovantes de vacina, que não façam exigência alguma para ficar com seu cão. Também não sou fã de hotéis que recebam inúmeros cães apenas de passagem. Verifique se há infra-estrutura de baias, atividades e compatibilidade de tamanho entre os cães que ficarão juntos. Veja também se o local é ensolarado, limpo e à prova de fugas. Cuidado com barganhas e "pacotes" mirabolantes.
Caso vá viajar com seu cão, não esqueça de providenciar uma caixa de transporte para o carro, uma coleira segura e leve uma mochilinha com água, prato, toalhas e um pouco de alimento. Pare a cada 2 horas, deixe o cão sair. Nunca permita que ele saia do carro sem coleira, mesmo que esteja acostumado. Num local desconhecido e próximo a rodovia, acidentes fatais podem ocorrer. Cuidado também com o calor, pois hipertermia mata! Se perceber que seu cão está sofrendo muito com o calor (sintomas: respiração muito ofegante e difícil, prostração, etc) pare, molhe-o, dê água em abundância e procure uma clínica veterinária.
Evite alimentar seu cão durante a viagem, faça apenas pequenos "lanches" a cada 4 horas para evitar que ele tenha hipoglicemia. Para cães que costumam enjoar demais, busque com seu veterinário uma indicação de protetor gástrico, como o omeprazol. Não dê Dramin, Plasil nem congêneres sem conversar também com o médico veterinário. Também NUNCA dê nenhum sedativo ao animal por conta própria.
Durante a queima de fogos atenção redobrada! MUITOS cães fogem, são atropelados, caem de sacadas com o desespero que passam nesse momento. Deixe seu cão bem isolado, seguro e com o máximo de conforto até essas comemorações acabarem.
Não leve seus cães a locais com grandes aglomerados, sem infra-estrutura ou que você não tenha certeza de que aceitem a presença de cães, pois você irá se prejudicar e se privar de se divertir e descansar. Se vai de avião, não esqueça que há uma burocracia de documentos que tem que ser preparada e também da necessidade de reserva prévia para o cão ir no vôo com você.
Deixá-lo com um parente ou amigo também é uma opção. Providencie que todos os acessórios, alimentos e brinquedos do seu cão permaneçam com ele no novo ambiente para ele não sofrer com a sua falta. Deixe também os números de telefone do vet de confiança e onde a pessoa deve levá-lo caso alguma emergência ocorra.
No mais, curta bastante e boa viagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário