sábado, 6 de março de 2010

Lindo...

"Somos sempre nós que abandonamos os cães, na natural ingratidão com que sacrificamos as melhores e maiores afeições, aos interesses e conveniências. Não tenho notícia de cachorro que  houvesse, de vontade própria, se separado do dono, abandonando o amigo, por mais negra que fosse a miséria que com ele partilhasse.

O homem é diferente. É a criatura que mais depressa e com a maior facilidade esquece as amizades. A natureza humana é muito ordinária. E ainda há gente que emprega a palavra "cão" como insulto, como injúria!.."

Autoria: Vivaldo Coaracy

Nenhum comentário:

Postar um comentário