sábado, 28 de novembro de 2009

Adeus a meu amigo...Bryan

Aqui me despeço de você. Percebo um conflito de sensações em mim, por que existe a tristeza da perda, mas também a compreensão de que sua missão aqui se findou, e que ultimamente a idade estava te incomodando demais. Creio que isso conforta um pouco.

Esperei quase 1 ano para ter você. Nunca vou esquecer a sua carinha e suas patinhas charmosamente cruzadas quando abri a caixinha de madeira que você chegou para mim, num vôo da Rio Sul. A conexão foi imediata, coisa escrita, “meant to be”. Você foi meu cão mais inteligente, mais fiel e o início da concretização de um sonho, do Canil Von Kempten.

Seu carisma, sua performance e alegria em pista ganhavam a imediata simpatia dos juízes e conspiravam a seu favor. Era emocionante vê-lo trotando no grupo, pau-a-pau com um enorme Pastor Alemão por exemplo. Mal o Carlitos agüentava te acompanhar, hein!!! E mesmo estando longe do que seria considerado ideal em termos de padrão da raça, obteve importantes conquistas. Você queria ganhar e sabia quando tinha ganho! Lindo, absoluto!

Mas seu principal papel foi o de “reapresentar” a raça, que andava tão sumida naqueles idos da década de 90. Você fez muita gente descobrir ou redescobrir os encantos de um Sheltie.

Como meu cão, passou por todas as situações mais importantes da minha vida, sempre ao meu lado, sem pestanejar. Em algumas fases, eu confesso que fui negligente e não te dediquei tanto tempo quanto você merecia. Perdão. Mas você sempre terá um lugar de destaque em meus pensamentos. Sorte que você jamais me julgou e mesmo imperfeita, eu sempre fui sua mestra, amada incondicionalmente. Quantas vezes só sobrávamos eu e você! Que bom que eu tinha você...

Me perdoa também por ter ficado revoltada algumas vezes, em te ver tão velhinho, sem energia, alheio, lento. Foi difícil aceitar tamanha mudança, esse do final não era o meu Bryan. O tempo é cruel...e uma hora cobra seu preço.

Sei que teve uma boa vida, foi amado, acarinhado, cuidado, aplaudido. Me acompanhou a tantos lugares que perdi a conta... Hoje seu lugar é aqui dentro do meu peito, é dono de um pedaço do meu coração, para sempre...Te entrego a Deus de coração aberto e um dia vamos nos reencontrar. Até lá...meu amigo.



2 comentários:

  1. Lindo texto, Cris, emocionante. Agora é guardar para sempre aos boas lembranças dele com vc.

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto, ele eta sempre com vc ..

    ResponderExcluir